terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Registro biométrico de eleitores ganha reforço de mais 2.550 kits


Da Agência CNM

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve adquirir mais 2.550 Kits Bio para cadastrar mais eleitores para as próximas eleições. Os kits compostos de leitor óptico digital, sacnner, aparelho fotográfico de alta qualidade e mini estúdio custarão ao TSE R$ 27,9 milhões. O objetivo do Tribunal é agizilar o processo de modernização no momento da identificação de cada cidadão votante.

O Brasil, considerado um dos mais modernos no sistema de eleições, vai possuir, após a compra dos novos equipamentos, um total de 4.925 kits. A estimativa do TSE é de que, ainda este ano, 10 milhões de brasileiros tenham identificação biométrica. O principal objeivo é diminuir o tempo gasto e consequentemente as filas que se formam em dias de votação.

Os 27 Tribunais Regionais dos Estados (TREs) são parceiros do TSE no trabalho de registros. Aqueles que estão em processo para tirar pela primeira vez o Título de Eleitor terão o cadastro biométrico feito na hora, pois cada Cartório Eleitoral terá um Kit Bio.

A aquisição dos equipamentos obedece a lei e foi feita por meio de licitação aberta em 2010 pela Justiça Eleitoral. Equipes foram treinadas para manuseiar os kits.

Nenhum comentário: