segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Julgamento do caso Eloá começa nesta segunda-feira (13)


Começa nesta segunda-feira (13) o julgamento sobre a morte da jovem Eloá Pimentel, mantida refém por cerca de cem horas por seu ex-namorado Lindemberg Alves, 25, e morta ao final do cárcere. O caso ocorreu em um conjunto habitacional na periferia de Santo André, na Grande São Paulo, no dia 13 de outubro de 2008 e foi transmitido ao vivo pela imprensa durante dias seguidos.

Lindemberg passará por um júri popular e a previsão é que o julgamento, conduzido pela juíza Milena Dias, dure de três a quatro dias. O réu é acusado de cometer 12 crimes, entre eles homicídio duplamente qualificado por motivo torpe, tentativa de homicídio (contra a amiga de Eloá, Nayara Rodrigues – que também foi feita refém e levou um tiro no rosto – e contra o sargento Atos Valeriano, que participou da ação), cárcere privado e disparos de arma de fogo. Lindemberg está preso desde 2008. Ao todo, serão ouvidas 19 testemunhas, sendo cinco de acusação e 14 de defesa.

4 comentários:

Anônimo disse...

Não há ânimo nem palavras para comentar sobre coisa tão repugnante e odiosa ─ por ser algo concreto, e já ter tornado comum em nosso país...
Mais um julgamento; no qual, respeitado o Direito de defesa ver-se-á todas aquelas coisas impróprias que nos causa tristeza e até revolta. Quando os advogados de defesa, no pleno exercício de seu Direito Constitucional as fazem ostensivamente com animus dolandi contra a vítima a favor do réu ─ as da tristeza e revolta citadas acima ─, conforme poderá ser visto no acompanhar o julgamento, e em comentários que faço no Blog: EXISTE MALDIÇÃO HEREDITÁRIA? www.maldicaosatanasepessoas.blgspot.com , que vale a pena ser lido; no qual, também abordo o Tema CRIMES DOLOSOS CONTRA A VIDA...
─ Uma explosão (para arrombar a porta do apartamento), seguida de três tiros: um na cabeça da Eloá, outro em sua região pélvica e o terceiro ─ não se sabe se nesta exata ordem ─, na direção da cabeça da Nayara, que graças a Deus não a matou; serem de origem: sei lá de quem?! É afirmação de alguém inconseqüente e mal intencionado (a) com toda certeza buscando holofotes, que é contraditoriamente aquilo que acusa! De alguém, que também, não tem respeito pela vida humana e de maneira direta a do indivíduo mulher.
Atenciosamente JORGE VIDAL

Anônimo disse...

Errata ─ www.maldicaosatanasepessoas.blogspot.com clicar aqui. JORGE VIDAL

Anônimo disse...

Errata: CRIME DOLOSOS CONTRA A VIDA ─ www.maldicaosatanasepessoas.blogspot.com clicar aqui. JORGE VIDAL

NEUSA disse...

Gostaria de parabenizar a juíza Milena dias, por se manter firme diante este júri, também a promotora, 2 grandes mulheres representando a justiça brasileira, parabéns mulheres sábia. DEUS PROTEJA.
NEUSA BAHIA BRASIL