segunda-feira, 28 de abril de 2014

[ CONHEÇA MAIS ] sobre os assaltantes dos Correios de Patu: jovens, cruéis, perigosos e [ BONS DE FUGA ]

Os últimos dois suspeitos da tentativa de roubo e da morte do gerente da agência dos correios da cidade de Patu-RN, continuam foragidos e refugiados zona rural entre as regiões de Patu-RN, Messias Targino-RN e Belém de Brejo do Cruz-PB, porém, a policia já está certa da identidade dos mesmos, sendo eles velhos conhecidos no meio policial.

São eles:




Antônio Arcênio Neto, vulgo Antônio Neto, 21 anos,filho de Francimar Duarte (Francimar de Antônio Duarte), com residência em Bom Sucesso-PB, preso no presídio em Catolé do Rocha-PB, pois é um dos principais traficantes desta região.

O jovem Antônio Neto começou a atuar cedo no crime, aos 16 anos na cidade de Bom Sucesso, abriu fogo contra a Guarnição de serviço daquela cidade, na época potava uma pistola 9mm, na troca de tiros um policial foi baleado no pé, conseguindo fugir logo depois.

No ano seguinte aquele fato em 2010 participou diretamente de um roubo que aconteceu entre Alexandria-RN e Santa Cruz-PB, onde trabalhadores seguiam para casa quando foram interceptados e humilhados, apanhando e sendo subtraidos todos os seus pertences bem como todo o dinheiro, pois os mesmos haviam recebido o pagamento do mês trabalhado. Segundo relatos o menor na época com 16 anos era o mais violento. Na época toda quadrilha foi presa inclusive o menor onde o GTO de Alexandria no comando do Maj. Humberto e apoiados pelos PMs da PB tiveram exito na ação.

Logo o mesmo por ser menor de idade foi apreendido e encaminhado até Mossoró de onde conseguiu fugir voltando para Bom Sucesso e mais uma vez desafiando os PMs daquela cidade, quando durante uma incursão na zona Rural o menor mais uma vez abriu fogo contra os PMs conseguindo novamente fugir. De lá pra cá tem-se várias outras noticias do mesmo na capital paraibana e na cidade de Paulista-PB onde está tendo apoio de pessoas daquela localidade. 

E agora cometeu com violência desnecessária, a execução do gerente dos correios de Patu-RN e atirou mais uma vez contra um PM.



Agora o comparsa conhecido como Galeguinho de Pombal, irmão do famoso Ary Muniz que se encontra preso, são os famosos brejeiros da cidade de Pombal-PB, também com uma longa ficha criminal. Participação em diversos roubos e homicídios. 

Fuga em MG:
Um dos suspeitos de ter participado diretamente do assalto que terminou com a morte do gerente da agência dos Correios na cidade de Patu, na região Oeste do Rio Grande do Norte, é fugitivo de um presídio em Minas Gerais. Ele e o irmão foram resgatados da Cadeia Pública de Pirapora, onde cumpriam pena por assalto em 2009. Trata-se do paraibano Livaci Muniz da Silva, natural de Paulista, que no dia 5 deste mês completou 30 anos. A ficha criminal de Galeguinho foi repassada ao G1 pelo delegado Sandro Régis.

FONTE: FACEBOOK - GTO DE ALEXANDRIA - Via sertaonamidia.com.br - G1/RN

Nenhum comentário: