quinta-feira, 12 de junho de 2014

DECISÃO ORIUNDA DO TSE GARANTE RETORNO DE LUCIANA OLIVEIRA (PMDB) A PREFEITURA DE BARAÚNA-RN


Luciana Oliveira(PMDB) - na foto primeira a esquerda, conseguiu decisão que garantirá seu retorno a prefeitura.

Com grande lastro de apoios políticos em Brasília-DF, a segunda colocada nas eleições de 2012, Luciana Oliveira(PMDB), garantiu retorno ao comando do Executivo Municipal de Baraúna-RN, por decisão do Tribunal Superior Eleitoral(TSE).

No "vai e vem" de prefeitos que a cidade possuiu nesses últimos meses, Luciana Oliveira(PMDB) foi a que conseguiu se estabilizar com um propósito político mais consistente: manter o partido como maior agremiação partidária da cidade e dar sustentação de apoio irrestrito ao projeto do presidente da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) em chegar a chefia do Governo do RN.

CRONOLOGIA DOS GOVERNOS:

Do eleito pelo povo - com minúscula margem, ao interino que não soube sistematizar seu próprio grupo político - tentando herdar as "proles" do fracassado sistema  anterior de Isoares Martins(PR), LUCIANA OLIVEIRA(PMDB) retorna ao cargo para aglutinar forças com vistas à eleição próxima de Henrique Eduardo Alves(PMDB) ao governo do Estado. O presidente da Câmara enfrentará o atual vice-governador Robinson Faria (PSD) nas próximas eleições de outubro.

Por possuir identidade própria e  pulso firme, o grupo do PMDB local está mais atento e observador da cena política, pois, depois do baque da cassação, passou a conhecer os reais interessados em sua derrocada e aqueles que só queriam usufruir do governo.

Meus votos que a peemedebista consiga corrigir os erros de sua passagem rápida no Executivo e faça uma brilhante administração, pelo menos, permanecendo no Governo Municipal, consiga não repetir a epopéia do governo interino que marcou-se pela fragilidade adicionada ao elemento malicioso eleitoreiro - "usar a máquina para reeleger-se" - sonho de uma eleição suplementar a exemplo do que ocorreu em Mossoró e, o erro crasso do antecessor que de forma patente ficou conhecido como um "governo relâmpago personalista e autoritário sem fundamentação política ou social".

Com o retorno de Luciana Oliveira (PMDB) à prefeitura, os cargos comissionados do atual governo interino - em sua maioria herdados de forma tresloucada do governo de Isoares Martins(PR), serão exonerados e constituídas novas ocupações.

Avante Baraúna !!!

Nenhum comentário: